Notícias

FATO RELEVANTE

Steel do Brasil Participações S.A. (“Steel”), nos termos do parágrafo 4º do artigo 157 da Lei nº 6.404/76 e da Instrução CVM nº 358/02, informa que começou a implementar seu objeto social, formalizando 2 importantes negócios.

Aquisição da Mhag

  • Steel celebrou contratos para a aquisição de, no mínimo, 70% da Mhag Serviços e Mineração S.A. (“MHAG”) por US$ 245 milhões.
  • De acordo com estudos técnicos, MHAG tem um potencial de mais de 3,5 bilhões de toneladas de corpos mineralizados identificados por aeromagnetometria , dos quais mais de 400 milhões de toneladas já foram confirmados por campanhas de sondagem como recursos de minério de ferro . Steel pretende desenvolver outras campanhas de sondagem para comprovar os recursos adicionais.
  • A localização dos recursos detidos pela MHAG é estratégica. Estão a 120 Km da costa do Estado do Rio Grande do Norte, onde um porto e um mineroduto serão desenvolvidos. MHAG já tem autorização para iniciar a 1ª fase da instalação da mina que será capaz de produzir 1,2 milhão de toneladas de minério de ferro por ano. O início da produção dessa primeira fase está previsto para o 2º semestre de 2011. MHAG deve atingir a plena capacidade (16 milhões de toneladas por ano) no final de 2012.
  • MHAG e seu atual controlador resolveram, sem custo para Mhag, a maior contingência que afetava a companhia (uma ação judicial proposta pelos corretores Pedrinha Representações Ltda. e outros, com valor inicial de US$ 187,5 milhões).
  • A empresa do Grupo Noble, Collingham Participações Ltda., continuará como acionista minoritário (30%) da MHAG, desde que Steel e Noble cheguem a acordo sobre os termos de um novo contrato de fornecimento de minério de ferro. Caso não haja acordo, Steel adquirirá 100% da MHAG por US$ 350 milhões.

Aquisição da MIBA

  • Steel também celebrou contratos para a aquisição de, no mínimo, 80% dos 5 bilhões de toneladas de recursos de minério de ferro do “Projeto Jibóia”, detidos por Mineração Minas Bahia S.A. (“MIBA”). Esses recursos já foram confirmados por campanha de sondagem e por estudos de avaliação de recursos desenvolvidos internamente e estão atualmente sendo tecnicamente auditados por Golder Associates.
  • Os recursos minerais possibilitarão a implementação de uma expressiva operação de minério de ferro ligada a um terminal portuário localizado na costa do Estado da Bahia. A MIBA pretende transportar minério de ferro da mina ao porto através da Ferrovia Leste-Oeste da Bahia, que deverá ser construída pelo Governo Federal.
  • Steel e os atuais controladores da MIBA também acordaram a constituição de uma joint venture, na proporção de 50% cada um, com o fim de explorar os outros ativos minerários de propriedade da MIBA localizados na região norte do Estado de Minas Gerais.
  •  Steel pagará US$190 milhões por essas duas aquisições, além de arcar com os custos de sondagem e pesquisa sob a joint venture.

Administração e Capital

  • Juarez Saliba de Avelar é o Diretor Presidente e de Relações com Investidores da Steel e irá administrar todos esses projetos, com assistência de uma forte e experiente equipe. Juarez tem 25 anos de experiência no setor de mineração e desenvolveu grande parte de sua carreira em companhias líderes do setor, como Vale e CSN.
  • Steel aumentará substancialmente seu capital para concluir as aquisições e suportar o desenvolvimento de suas atividades pelos próximos 2 anos.

Steel estima que as aquisições estarão totalmente documentadas dentro de 30 a 60 dias. As aquisições estão sujeitas a aprovações societárias previstas em lei, conclusão satisfatória de auditoria, assinatura de documentos e ocorrência de determinadas condições precedentes estabelecidas nos contratos.

Tão logo sejam verificados novos fatos e implementadas as condições a que os negócios estão sujeitos, será divulgado novo fato relevante ao mercado.

São Paulo, 15 de março de 2010.

Juarez Saliba de Avelar
Diretor Presidente e de Relações com Investidores